Observação de Gâmetas e Gónadas Masculinos e Femininos de Mamíferos

21 10 2011

Esta atividade laboratorial realizou-se no passado dia 28 de Setembro do corrente ano, no Laboratório de Biologia da Escola Secundária de Lagoa. O objetivo desta atividade era, tal como o próprio título indica, a observação de Gâmetas e  das diferentes estruturas que constituem as Gónadas Masculinas e Femininas de Mamíferos.

Sendo assim, e enquadrando esta atividade laboratorial na matéria lecionada, as Gónadas são órgãos que produzem Gâmetas (que são as células sexuais necessárias para a reprodução). Contudo, no homem existe uma sequência de processos (multiplicação, crescimento, maturação e diferenciação) até à formação dos espermatozóides maduros. A este conjunto de  processos dá-se o nome de espermatogénese. No caso da mulher dá-se a oogénese, que consiste na formação de células reprodutoras femininas (oócitos). Este processo encontra-se dividido em diferentes fases, como por exemplo (multiplicação, crescimento, repouso, maturação). Sendo assim, a Gametogénese (produção de Gâmetas) é importante para a Reprodução Sexuada pois é através deste processo que é possível a continuidade de uma espécie, havendo a uma modificação de indivíduo para indivíduo no seu código genético.

Passando agora à observação em si, o material utilizado foi, em primeiro lugar, um microscópio elétrico para observação e identificação das diferentes estruturas que constituem as gónadas masculinas e femininas e, de seguida, um microscópio ótico composto LEICA ICC50 para a captura das imagens sobre o assunto referido anteriormente, com as diversas objetivas. Também, foi-nos disponibilizado pela Universidade dos Açores as preparações definitivas para a realização da atividade. De seguida, estão postadas algumas das fotos capturadas com o microscópio ótico, ilustrando as diferentes fases relativamente à Espermatogénese, primeiramente, e à Oogénese, em seguida.

 
 
Fig. 1 – Nesta figura, é observado e representado com o número 1 as Células de Leydig  (são as células que se encontram entre os tubos seminíferos, nos testículos). Esta foto foi capturada com a ampliação total de 400x.
 
Fig. 2 –  Na imagem podemos encontrar, dentro da circunferência, as células alongadas são os Espermatozoides (ampliação total de 400x).
 
Fig. 3 – Nesta figura podemos identificar as diferentes fases da espermatogénese. Existem células encostadas às paredes do tubo seminífero que são as Espermatogónias (pequenas). Com o número 1 podemos identificar os Espermatócitos; Com o número 2 é-nos visível os Espermatócitos II; Com o número 3 temos os Espermatídeos; e, finalmente, com o número 4 podemos observar os Espermatozoides. É de salientar que os Espermatídeos nesta imagem já estão a começarem a se alongar, tal como foi-nos possível observar na imagem acima. Esta imagem foi capturada com a ampliação total de 400x.
 
Fig. 4 – Nesta imagem podemos identificar, dentro da circunferência (e ao lado também), um Folículo Primário. Este resulta do crescimento dos Folículos Primordiais (Fase que o Folículo tem antes desta representada na Fig.) dentro dos Ovários. Este crescimento ocorre uma vez por mês, a partir da Puberdade. (ampliação total de 100x)
 
Fig. 5 – É-nos apresentado, por esta imagem, o Folículo Secundário. É neste que se dá o crescimento do Folículo Primário, devido ao aumento do Oócito I e à proliferação das células foliculares. Na Imagem, podemos identificar com o nº 1 o Oócito; de seguida, com o nº2 a Cavidade Folicular; Com o número 3 está presente a Zona Pelúcida (que “reveste” todo o Oócito); Com o número 4 e a “cobrir” todo o Folículo, temos a Teca; e, finalmente, entre a Zona Pelúcida e a Teca temos uma camada designada por Camada Granulosa (ampliação total de 100x).
 
Fig. 6 – Nesta figura podemos observar o Folículo Terciário, dentro da circunferência maior. Depois, dentro do Folículo Terciário e representado por uma circunferência menor, podemos observar o Oócito (Ampliação total de 100x).
  
 
Fig. 7 - Aqui, nesta imagem, conseguimos observar o Folículo Maduro ou de Graaf. Este causa uma saliência na superfície do Ovário, que acaba por causar a sua rutura e libertar o Oócito II. Assim ocorre a Ovulação.
Notas:
Nas imagens, apresentámos os resultados obtidos nesta experiência e, também, fomos discutindo-os ao mesmo tempo. Sendo assim, existem algumas explicações a dar sobre uns conceitos:
                         –> Células de Leydig – são as células que se encontram entre os tubos seminíferos, nas gónadas masculinas;
                         –> Células de Sertoli - são as células somáticas de grandes dimensões no interior do testículo. Estas nutrem os espermatozoides, ajudam a controlar o processo de maturação de células germinativas, desta feita, segregando substâncias necessárias para a sua nutrição e diferenciação.
Para finalizar, os resultados obtidos foram os esperados já que conseguimos observar as diferentes fases da espermatogése e da Oogénese. De salientar que só as fotos publicadas da experiência relativamente às Gónadas e Gâmetas Masculinos foram capturadas pelo nosso Grupo no Microscópio LEICA uma vez que não houve tempo para todos os grupos fazerem-no para ambos os sexos. Sendo assim, um dos grandes problemas que nos apareceu foi o facto de termos pouco tempo para observarmos as Gónadas e Gâmetas Masculinos e Femininos, apesar de as termos conseguido observar no microscópio.
Dentro dos aspetos positivos, o grupo achou que esta experiência foi muito atrativa pelo facto de, através da mesma, nos ter sido “disponibilizada” a oportunidade única de observamos a constituição das gónadas de ambos os sexos e, assim, alargarmos os nossos horizontes a nível de conhecimento biológico/científico.
Esperemos que esta postagem seja uma informação útil a todos os nossos seguidores.

Fontes Bibliográficas:
MARTINS, Pedro; MATIAS, Osório; Biologia 12, ARIAL EDITORES, SA, Porto, 2010.
Com os melhores cumprimentos
HenriqueF
LuísM
MichaelT 
About these ads

Acções

Information

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s




Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: